Ficções e Outras Verdades

R$0.00

O senso comum nos diz que a mentira é um ato moralmente condenável, uma incorreção de comportamento que deve ser evitada. Proferir mentiras pode render processos judiciais e outras punições legais. Em certas esferas de poder, e com a rápida propagação em meios de comunicação, é possível comprovar os danos que as mentiras podem causar em uma sociedade. Exceto, talvez, se você for ficcionista e transformar suas mentiras em histórias. Daí, vira criação artística.
Pode-se imaginar que não se trata de qualquer mentira. A mentira-ficção, como aqui a chamamos, é um constructo, fruto de um ofício ancestral: o de contar histórias. Por meios diversos, como murais, tapeçarias, palavras, gestos e falas, uma boa mentira-ficção poderá ser contada, recontada, modificada, adaptada. Essencial, porém, é que ela venha imbuída de ares de verdade, o que vai depender dos fios que a tecem.
Os organizadores

(Downloads - 130)

Categoria:

Descrição

O senso comum nos diz que a mentira é um ato moralmente condenável, uma incorreção de comportamento que deve ser evitada. Proferir mentiras pode render processos judiciais e outras punições legais. Em certas esferas de poder, e com a rápida propagação em meios de comunicação, é possível comprovar os danos que as mentiras podem causar em uma sociedade. Exceto, talvez, se você for ficcionista e transformar suas mentiras em histórias. Daí, vira criação artística.
Pode-se imaginar que não se trata de qualquer mentira. A mentira-ficção, como aqui a chamamos, é um constructo, fruto de um ofício ancestral: o de contar histórias. Por meios diversos, como murais, tapeçarias, palavras, gestos e falas, uma boa mentira-ficção poderá ser contada, recontada, modificada, adaptada. Essencial, porém, é que ela venha imbuída de ares de verdade, o que vai depender dos fios que a tecem.
Os organizadores