Numeramento diacrônico: do indo-europeu à língua portuguesa

R$0.00

“Números instigam o pensamento, permitindo raciocínios e até devaneios, por cumprirem tanto papel referencial quanto abstrato, sendo assim úteis e profícuos. Nossos números vieram do indo-europeu, língua hipotética da qual surgiram a maioria das línguas europeias – dentre elas o latim e, evidentemente, o português – e muitas das línguas asiáticas.
Assim, neste texto, apresentaremos os números do indo-europeu e, passando pelo latim e por outras línguas dele derivadas, chegaremos aos números portugueses, tanto aos números simples quanto às palavras compostas a partir desses números.”

(Downloads - 14)

Categoria:

Descrição

“Números instigam o pensamento, permitindo raciocínios e até devaneios, por cumprirem tanto papel referencial quanto abstrato, sendo assim úteis e profícuos. Nossos números vieram do indo-europeu, língua hipotética da qual surgiram a maioria das línguas europeias – dentre elas o latim e, evidentemente, o português – e muitas das línguas asiáticas.
Assim, neste texto, apresentaremos os números do indo-europeu e, passando pelo latim e por outras línguas dele derivadas, chegaremos aos números portugueses, tanto aos números simples quanto às palavras compostas a partir desses números.”